quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

0

Fique atenta: o que são realmente as contrações?




 Redação Sempre Materna

Contração uterina é o endurecimento do ventre materno. Colocando-se a mão espalmada sobre o abdome você ou outra pessoa poderá identificar a presença de contração.
As contrações, no início do trabalho de parto, se dão lentamente e, na maioria das vezes de forma irregular e sem causar desconforto.
Ocorrem uma a cada 15 ou 20 minutos com duração de 20 a 30 segundos e, progressivamente, vai diminuindo o intervalo entre elas tornando-se mais freqüentes e mais intensas até se fazerem presentes, uma a cada 3 ou 4 minutos com duração de 50 a 70 segundos.
As contrações uterinas são involuntárias e não podem ser controladas pela vontade da paciente.
O resultado direto de contrações efetivas vem a ser a dilatação e esvaecimento (afinamento) da cervix, ou colo uterino, o que poderá ser revelado pelo exame vaginal.
FALSO TRABALHO DE PARTO
Uma das situações frustrantes no final da gestação, acontece quando a mulher entra em falso trabalho de parto.
As contrações de BRAXTON HICKS, que você vinha sentindo durante toda a gestação, são mais notáveis, ou seja, aparecem com maior freqüência.
Algumas vezes podem aparecer durante o período de 2 horas seguidas e depois desaparecem. Outras vezes podem aparecer durante 3 horas, à noite, vindo com tal freqüência e intensidade que não te deixam dormir, e no dia seguinte simplesmente desaparecem.
Estas contrações não são efetivas e não causam a dilatação do colo do útero, porém, muitas vezes, confundem-se com o verdadeiro trabalho de parto.
A ocorrência de falso trabalho de parto é bastante normal e pode ocorrer mais de uma vez no final da gestação.



Fonte: Curso para Gestantes do Hospital e Maternidade Santa Joana

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...